página principal

O que pode ser ou não Reciclado

P a p e l

No Brasil, o consumo de papel gira em torno de seis milhões de toneladas por ano. Daí a importancia de se reciclar paple, mas não são todos os tipos que podem passar por esse procedimento. Veja quais os tipos de papel que podem ser reciclados:

  • Recicláveis - papelão, embalagens limpas, jornais e revistas, folhas de caderno, formulários contínuos, fotocópias, aparas de papel, envelopes, rascunhos, cartolinas, papel de fax, impressos, listas telefônicas, embalagens do tipo longa vida.
  • Não recicláveis - etiquetas e fitas adesivas, papel carbono, papel sanitário, papéis metalizados, parafinados e plastificados, tocos de cigarro, fotografias.

M e t a l

  • Recicláveis - tampas, ferragens, latas de aço (óleo, leite em pó, molhos), latas de alumínio, canos e tubos, fios, pregos e parafusos, panelas sem cabo, embalagens descartáveis.
  • Não recicláveis - clips, grampos, esponja de aço, pilhas, latas contaminadas com resíduos químicos, como tinta, verniz e inseticidas.

P l á s t i c o s

A reciclagem do Pet, lém de desviar lixo plástico dos aterros, utiliza apenas 30% da energia necessária para a produção de resina virgem.

  • Recicláveis - tampas, potes e frascos, embalangens de refrigerantes, água e óleo, embalagens de material de limpeza, copos descartáveis, canos e tubos, sacos plásticos em geral, peças de brinquedo.
  • Não recicláveis - embalagens metalizadas, tomadas, cabo de panela, isopor, adesivos, espuma, fraldas descartáveis, absorvente, preservativos.

V i d r o

Para cada 10% de caco de vidro na mistura reciclada, economiza-se 2,5% da energia necessária para a fusão nos fornos industriais.

  • Recicláveis - garrafas, potes, copos, fracos, pratos, cacos.
  • Não recicláveis - espelhos, vidros planos (portas, janelas, tampos de mesa), vidros laminados (pára-brisa), vidros temperados, cerâmica, tubos de TV, pratos e copos refratários, louças, cristais, porcelana, óculos, ampolas de injeção

Óleo de Cozinha

O óleo de cozinha, quando descartado de forma inadequada no meio ambiente, atinge os rios e prejudica diretamente a impermeabilização dos leitos e terrenos do entorno, contribuindo para a ocorrência de enchentes. Junte o seu óleo e descarte-o de maneira correta!
Participe dessa atitude a favor do planeta.
Para entregar o óleo nas estações de reciclagem, espere esfriar e armazene em uma garrafa Pet.
Tampe bem e deposite no coletor próprio, encontrado em grandes supermercados ou em postos de coleta.
Pesquise no seu bairro qual o posto mais próximo.


texto extraído do Jornal "100% Bairro" - edição 187 - ano 1 -novembro 2008 - jornalista responsável: Marielly Campos.
www.upiranga.com - Todos os direitos reservados